© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Ratos no porão

January 11, 2019

Toda a imundície e dejetos políticos de Brasília desembocam sempre no mesmo fatídico local: o STF.
Por algum vacilo imperdoável, a Constituição não previu a instalação de nenhum tipo de descarga nessa espécie de latrina politica.
Assim, ou a merda boia ou vai pro ventilador nacional.
E acaba respingando em todo o povo brasileiro.


Povo contribuinte, pagador de impostos que, em última análise, é quem paga o salário dos salafrários que atuam por ali.
Salafrários que não dão a mínima para a vontade desse mesmo povo.

Os gases mais fedorentos emanados pelo STF são sempre, curiosamente, expelidos á noite, quando o povaréu, em teoria,assiste desprevenido a novelinha educativa da Globo.
Foi assim ontem, quando foi anunciada à noite decisão de Toffoli de tornar secreta a votação que elegerá o presidente do Senado. 
Decisão no porão para o porão.
Carecas de saber que o povaréu, especialmente o de Bolsonaro, jamais concordaria em colocar o comparsa Renan na cadeira, a quadrilha providencia para que seja eleito longe da visão popular.
Que não poderá, mãos amarradas, fazer nada a respeito.

Renan, um dos maiores ícones vivos da maracutaia e da corrupção nacional, provavelmente será, dessa forma, o presidente do Senado.
E Rodrigo Maia, da mesma forma secreta e imoral, será mantido como presidente da Câmara dos Deputados.

Com Toffoli na presidência do STF, o círculo de poder se fecha e garante a sobrevivência da malcheirosa quadrilha.

Toffoli, aliás, foi eleito ele mesmo num processo semelhante, indicado pelos companheiros. 
Alí, funciona assim: um empurra o outro.
E todos juntos, alegremente, dilapidam o país, aumentam os próprios salários, soltam bandidos amigos, conspiram para obter mais e mais privilégios, essas coisitas da democracia tupiniquim.
Longe dos olhos e das garras do povaréu indignado, naturalmente.

A decisão de Toffoli -como todas- é justificada no juridiquês incompreensível que é marca do STF.
Na verdade, a própria redação dessa porcaria deve levar mais tempo até que a tomada de decisão.
A decisão é rápida, uma conversinha, número de conta e tá feito.
Uma obra de ficção, redigida por embusteiros.

Com esse trio no centro de poder, assessorados pelo resto da quadrilha que flutua nas águas turvas desse esgoto, e terá o anonimato garantido na hora de votar, Bolsonaro vai enfrentar enormes dificuldades.
A intenção é essa mesmo: impedir o presidente eleito pelo povo de fazer o que o povo quer.
Governar pelo bem do país com essa corja será impossível.

A única solução é radical: rever a Constituição e finalmente instalar uma bela válvula de descarga nessa privada.
E mandar toda essa merda pro esgoto, que é onde deveria estar há muito tempo.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O bezerro de ouro e a liderança política

November 12, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square