© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Quem paga a conta

January 27, 2019

De repente, espantado, vejo que a internet nestes dias está cheia até a boca de especialistas em barragem.
Jornalistas, jornaleiros, advogados, palpiteiros, todo mundo dá um pitaco indignado no assunto, para minha humilhação, que não sei nada sobre barragens e afins.
Vejo alguém afirmar que a tecnologia dessas barragens é antiga e perigosa, e que já deveria ter sido substituída.
E que mais 45 outras correm, neste momento, o risco de se romper.


Outros afirmam que o rompimento -uma explosão- foi provocado por terroristas interessados em desestabilizar o governo Bolsonaro, a exemplo do que ocorreu no Ceará. 
Muitos defendem uma punição exemplar para a Vale, responsável pela barragem e por outra calamidade, há dois anos -a de Mariana.
Na época, processada, a empresa empurrou a bronca com a barriga e até hoje pouca coisa foi resolvida -ou reparada.
Especialmente o dano humano: pessoas que perderam parentes e amigos, propriedades, patrimônio.

Janaína Paschoal defende, incisiva, a abertura de inquérito para prisão posterior dos responsáveis, afirmando portanto, que houve crime.

E houve.
Deixando-se de lado considerações ideológicas, o enorme dano ambiental causado e até mesmo o dano patrimonial, há que se considerar o aspecto mais trágico desse desastre: o dano aos seres humanos, as mortes de pessoas completamente inocentes, cuja única culpa foi estar na região.
A responsabilidade, integralmente, é de quem administrou essa barragem nos últimos anos.
É da Vale. E há que se verificar se houve corrupção ou favorecimento junto aos governos destes últimos anos, igualmente.
Governos, diga-se de passagem, notórios pela incompetência e pelo descaso pelo povo. E pela corrupção que encobria tudo isso.

Esse dano é irreparável.
E -depois de Mariana- completamente previsível.
O clichê 'tragédia anunciada’ infelizmente se aplica como uma luva nesse caso.
A avalanche de lama de Brumadinho causou outra: uma espécie de avalanche de idiotices de todos os calibres na internet e no meio de jornalistas.
Um deles, decadente, chegou a afirmar, insano, que a responsabilidade pelo ‘mar de lama’ é do governo Bolsonaro, inciado há pouco menos que um mês.

A multa aplicada hoje à Vale, de mais de 200 milhões, e o bloqueio de mais um bilhão de suas contas, ainda é pouco.
Como disse Janaína, é caso de prisão.
Para que não se repita.
Vidas humanas não tem preço, e quem lida com elas tem que ter competência pra isso.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Ode aos babacas

December 5, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square