© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

A vaca analfabeta no brejo

February 13, 2019

Paciente e diligentemente, a esquerdalha brasileira do lulalivre semianalfabeto conseguiu ir destruindo a cultura brasileira nestes últimos 15 anos.
Do mais elementar ao mais complexo, da simples interpretação de um texto simples até a elaboração e curadoria de uma exposição medíocre como a Queer Museum, o batuque do bumbo de Marx se faz ouvir.
E passa pela professora que orgulhosamente defeca na Avenida Paulista sobre a foto do hoje presidente, Jair Bolsonaro.

 

Ou pelos ‘macaquinhos’ que culturalmente desvendam os mistérios dos anus dos coleguinhas e chamam isso de teatro...


Não surpreende, portanto, a informação de que, segundo os dados do Saresp, que é o Sistema de Avaliação e Rendimento Escolar do Estado de São Paulo, 45% dos alunos da rede pública não conseguem sequer entender um texto simples.


Caso triste, naturalmente, se observarmos que esses pobres sujeitos vão fatalmente acabar crescendo e acabarão nas redes sociais, como vemos todos os dias por aqui, não entendendo lhufas e comentando alegremente o que não entenderam.
Suspeito até que por aqui a porcentagem seja maior, pelos comentários que vejo por aí, em faceoquês ou twiteeoquês.

 

Enfim, outro dado de deixar os cabelos em pé (de quem tem, claro) é que 65% desses mesmos estudantes não conseguem também resolver uma questão de porcentagem.

O que nos leva à triste conclusão de que, neste país, a vaca da educação -e da cultura- já está atolada no brejo até o pescoço.
Legado de lulas e de dilmas, presidenta educadora.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Richard Wurmbrand — O homem que desafiou o comunismo

December 11, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square