© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Ouviram do Ipiranga

February 27, 2019

A letra do Hino Nacional, eu considero quase um desastre. Escrito de maneira arrevesada, obriga as pessoas a fazerem análise gramatical das frases dentro da cabeça, para entenderem o que é dito. Se já é de difícil o entendimento para uma pessoa alfabetizada, imagine aos que nem completaram o primário? Ou seja, muita gente, não é?

 

A melodia do Hino, ao contrário, faz o coração brasileiro bater mais forte, 

já nos primeiros acordes. Dá vontade de ficar de pé, perfilado e com a mão no peito, em cima do coração. Nosso Hino é tão bom quanto a Marselhesa, dos franceses. E páreo para o Hino Americano. Falando a verdade, mesmo, o Hino brasileiro é o melhor do mundo. Para mim, é.

 

Ele merecia uma letra que traduzisse melhor nossos sentimentos de brasilidade. Por que, apesar de tudo, ele nos comove tanto? Talvez porque desde os tempos do grupo escolar, nos acostumamos a cantar o Hino respeitosamente, mesmo sem entender direito o que ele queria dizer.

 

Seriamente... por que não pensar numa nova letra para o Hino Nacional? Ou “corrigir” a existente? Essa seria uma ideia tão absurda? Dependesse de mim, eu promoveria também uma revisão radical de como se escreve a língua portuguesa. Aliás não “língua portuguesa” - mas língua brasileira. 

 

Precisamos simplificar muitas regras que nos colocam, todos os dias, as armadilhas mortais dos “z”, dos “s” e tanta tranqueira que só alguns sabem evitar. E o uso da crase, então? A gramática é uma inimiga dos brasileiros de todas as categorias.

 

Parece que quem toma conta da nossa língua e como deveríamos escrevê-la, é uma tal Academia Brasileira de Letras. Se for, então que ponham esse pessoal a pensar e repensar nossa língua - que deveria ser fácil para todos. Tanto para falar quanto para escrever. Tomem como exemplo a língua hebraica, que dispensa até os artigos de gênero. Ou a simplicidade impressionante do inglês.

 

Estou falando besteira? Tem quem quer jogar pedras em mim, por pensar numa reforma que torne nosso idioma e a letra do Hino mais acessível para todos os brasileiros? Pois eu acho que isso seria sumamente democrático. O Brasil está precisando de algumas revoluções. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Por que a esquerda prega a diversidade, mas idolatra pessoas brancas e ricas?

February 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square