© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Dimenor

March 22, 2019

A chacina de Suzano, que deixou um saldo macabro de oito inocentes mortos, levanta muitas questões.
A deep web -espécie de internet sem controle- é uma delas.
Racismo, pedofilia, e grupos extremistas como o Dogochalan, que 'santificam’ assassinos e criminosos como Guilherme Monteiro, o menor que participou da chacina na escola estadual Raul Brasil são coisa comum nessas redes subterrâneas.
Com apenas 17 anos o rapaz parece, para quem observa a ação, o líder nessa tragédia.
É ele quem sai primeiro, decidido, e entra na escola.
É ele também que leva o revólver que em minutos tira a vida de crianças e adultos.
É ele o mais atuante também nas redes sociais e na deep web, em fotos, textos e vídeos.

E é ele, finalmente, quem fecha a ação, matando o companheiro Luiz Henrique de Castro, de 25 anos e se suicidando na sequência.

Além das inúmeras questões envolvidas, a da complacência da justiça brasileira para com menores de idade que cometem crimes fica evidente.
Nesse caso, desmontada a lenda dos alienados defensores dos Direitos dos Manos, que considera os meninos ‘pobres e desamparados’, dignos mais de pena do que castigo, é preciso rever a legislação que regulamenta a maioridade penal do Brasil.
E urgente.

Se estivesse vivo esse demente estaria sujeito apenas à detenção por 45 dias, e no máximo internação durante 3 anos em centros de recuperação.
A PEC 171/93, empacada hoje no Senado, é uma tentativa de reduzir a idade prevista para julgamento pelo Código Penal de 18 para 16 anos. 

Vale lembrar que em países como os EUA menores acima de 12 anos podem ser julgados pela Justiça Comum, dependendo do crime, e condenados até a prisão perpétua ou pena de morte, dependendo do Estado.
No Brasil crimes hediondos cometidos por menores de idade crescem assustadoramente, descontroladamente.
O caso de Suzano é apenas a ponta de um iceberg que gera desordem, insegurança e violência sem freios.

Hoje, quando um terceiro adolescente de 17 anos é preso como suspeito de ter planejado a chacina durante mais de um ano e meio ( com apenas 15 anos na época), fica mais do que premente a necessidade de se esquecer a suja cartilha da esquerda que sempre defendeu bandido, menores criminosos e o caos.

É hora, pelo contrário, de defender a sociedade.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Socialismo é estadolatria

January 23, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square