© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Tarzan em Brasilia

March 23, 2019

Li na minha infância e nunca mais esqueci esta história sobre o Tarzan. Nosso herói de tanga tinha que atravessar um deserto. E chegar até uma cidade de ouro. Então o Tarzan começou sua caminhada, levando um pouco de água.

 

Mas o deserto era maior do que ele imaginava. E a água acabou.

Ele continuou andando, até que não aguentou mais a sede e o sol.

Urubús, acompanhando seu desfalecimento, começaram a circular voejando por cima de seu corpo, jogado na areia, exangue. Aí ele teve uma idéia. Então fechou os olhos, se fingindo de morto.

Um dos pássaros negros se aproximou capengando, pesado. Deve ter pensado, o sujeito está morto. E quando o bicho subiu em seu rosto, Tarzan, num gesto rápido, pegou o urubú pelo cangote. E comeu-o, chupando o seu sangue, e ganhando assim forças para terminar a travessia.

 

Se depois de se regalar com o urubú ele ficou com mau hálito, não sei.

 

Mas hoje lembrei dessa história épica. O que faria Tarzan, se ele estivesse hoje em Brasília, com tantos urubus famintos em volta?

O urubu Renan, seria ele o primeiro a bicar os seus olhos? Ou o Temer, acompanhado pelo seu urubu particular, o coronel Lima ? Qual esperaria o início do banquete para então arriscar seu próprio bico? Seriam doze os urubus, como numa reunião do STF? O urubu Bretas, ele teria bons motivos para provocar, crocitando, aquele rebú no deserto?

 

Preciso voltar a ler aquele livro. Quem sabe já atualizaram os personagens? Pode ser até que o livro tenha se transformado, de literatura infantil, numa leitura de pornografia pesada. O urubu Temer, por exemplo, transformado em chefe de máfia, associado a uma quadrilha que por 40 anos explorou nossa pobre nação?

 

Vamos aguardar as próximas edições, quem sabe contando

se o Tarzan desistiu de lutar, após ter chegado à cidade do ouro, chamada Brasília. E que depois de rico, mudou para Miami, para viver em sossego?

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square