© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

De paraíso a inferno

March 30, 2019

Há exatos 5 anos,recebi um telefonema desesperado de um amigo que estava num hospital, precisava de roupas e dinheiro.Estranhei pois ele havia se casado com com uma norueguesa e mudado pra lá antes que o primeiro filho nascesse.

Fui até lá e encontrei-o em pânico e ferido.
Me contou que estava em Caracas trabalhando para alguns jornais europeus e no meio de uma manifestação viu 2 garotos de uns 12 anos serem arrastados por policias e um deles teve as calças arriadas e um dos guardas o ameaçava de estupro com um fuzil.

 

Fotografou toda a violência, mas não conseguiu sair da confusão com a câmera e foi espancado violentamente.
Por sorte escapou com vida.Como tinha seu passaporte no bolso conseguiu fugir para o aeroporto e veio para São Paulo.

 

Seus pais moram na cidade e queria vê-los.Só com a roupa do corpo, ferido e em pânico, precisava de minha ajuda para melhorar e se apresentar como se estivesse bem.Chorava muito e me dizia:
-"Tenho 2 filhos,você pode imaginar meu desespero diante da impotência de ver o que vi?"

 

No mesmo dia recebi uma série de fotos com personalidades venezuelanas amordaçadas, uma dela era a ex miss Universo Stefanía Fernández.

Duas fontes diferentes falando sobre o mesmo assunto e com a mesma punjência.Só podia ser um pedido de socorro.

 

Comecei uma pesquisa profunda e as descobertas me deixaram horrorizada.
Os empréstimos do governo brasileiro via BNDES,o apoio irrestrito ao Maduro e tudo o mais que acontecia sob nossos olhos.

A Venezuela passou a ser meu foco e quando criamos o www.areuniao.com só queria falar sobre isso.


Quando entrevistamos a Dra Janaína Paschoal, soubemos que uma de suas motivações para iniciar o processo de impeachment foi o mesmo,o desespero do povo venezuelano.

 

Nossa correspondente Emma Sarpentier na Venezuela e nosso colunista Wagner Hertzog,tentam nos alertar todos os dias do perigo que nos ronda.

 

“Relatório da Organização das Nações Unidas aponta que quase um quarto da população da Venezuela precisa de ajuda humanitária urgente. O documento apresenta dados alarmantes, entre eles o de que mais de 94% da população venezuelana vivia na pobreza e 60% na pobreza extrema em 2018”.

 

Pense nisso:
A Venezuela era 2 vezes mais rica que a China e 4 vezes mais rica que o Japão. 
Era a 4ª economia mundial e a 1ª da América Latina. Sua moeda era a 2ª no mundo atrás apenas do dólar americano. 
Em pouco mais de 10 anos se transformou de paraíso em inferno.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Um táxi chamado Brasil

February 25, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square