© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Desavergonhados

April 29, 2019

 

O suicídio de Alan Garcia, o homem que presidiu o vizinho Peru por dois mandatos, dia 17 de abril deste 2019, é um ótimo ponto de inflexão para entendermos o que se passa aqui, no Brasil varonil.

A empresa que levou Garcia a apertar o gatilho da pistola (presente da Marinha Peruana) apontada contra a própria cabeça  é uma velha conhecida de todos nós: nasceu na Bahia de Caetano Veloso e Gilberto Gil e dali espalhou seus tentáculos pelo país e pelo mundo. Por onde passou, produziu estragos consideráveis e talvez o suicídio de Alan não tenha sido o pior deles, apenas o mais paradigmático.

O nome é esquisito, franco-germânico, talvez... Odebrecht, uma verdadeira sinfonia para os ouvidos de corruptos e corruptores  desde 1944, ao ser fundada em Salvador pelo engenheiro Norberto... Odebrecht, claro...

A Odebrecht foi íntima do ambiente palaciano brasileiro durante os governos Lula (2004 a 2010) e Dilma Rousseff (2011 a 2006)... ambos os presidentes tinham conta-corrente de milhões de reais na empresa, dinheiro liberado para gastar o quanto e quando quisessem...

BANHEIRO DE PORTA ABERTA
Emílio Odebrecht, o capo da empresa, foi amigo íntimo de Lula desde sua época de líder operário: “Ele cortava dos dois lados”, revelou Emílio em delação premiada... tanto Emílio quanto seu filho, Marcelo, usavam o banheiro do Palácio do Planalto de porta aberta...

A intimidade era tanta que Lula permitia que reuniões de governo para tratar do andamento de obras contratadas pela empresa fossem realizadas na mansão de Marcelo Odebrecht nos Jardins, em São Paulo...

Um sobrinho do presidente, Taiguara Rodrigues, recebeu comissão de milhões de reais sobre recursos que o governo de Lula destinava à Odebrecht para obras de infra-estrutura em países africanos... tornou-se pública também a influência de Lula junto a governos de outros países condicionando a liberação de recursos do nosso BNDES à contratação da empreiteira  brasileira para a execução dessas obras...

A Odebrecht pagava 150 mil reais por palestra de Lula (O professor Luis Marins, um dos mais requisitados palestrantes do Brasil cobra menos de 15 mil reais por uma palestra de duas horas de duração)... A Odebrecht reformou o sítio de Luiz Inácio em Atibaia...

É o que se sabe, por ora...

A "ENTREVISTA"
Enquanto Alan Garcia se matava no Peru, o nosso ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se preparava, numa cela especial da Polícia Federal, em Curitiba, para dar sua primeira “entrevista” a dois grandes jornais – Folha de S.Paulo e o espanhol El País. 

A “entrevista” foi autorizada pela Suprema Corte que ainda desarmou a tentativa da Polícia  Federal em transformá-la numa coletiva para que ao menos algum contraditório tivesse chance de aparecer...

Lula, com suporte da Corte Suprema, escolheu as mídias com quem desejava falar e vomitou sua enxurrada de mentiras e ignomínias sem ser, em nenhum momento, questionado ou contestado...

“A FOLHA DE S.PAULO QUEBROU A CENSURA DE SETE MESES IMPOSTA A LULA”, assim mesmo, em maiúscula, a “jornalista” Mônica Bérgamo comemorava no twitter o “grande feito” de ter ido à prisão captar a avalanche de sandices de seu ídolo...

Vi trechos da "entrevista"... entre as tantas mentiras vomitadas está uma que mais me chamou a atenção: 

“Meus filhos passam por necessidades hoje”, disse sem engasgar e sem ser importunado...

Para que essa afirmação fosse verdade, um de seus filhos, o Lulinha, tinha de comprar uma Ferrari a cada três dias, usá-la por algumas horas e incendiá-la no começo da noite, isto desde 2007, tendo em vista que suas empresas, todas de fachada, faturaram mais de 300 milhões entre 2015/2016... (https://www.oantagonista.com/brasil/gamecorp-de-lulinha-faturou-317-milhoes/)

AI QUE VERGONHA DO BRASIL
Moral de todas essas histórias: são desavergonhados os ministros que autorizaram a entrevista de um presidiário; é desavergonhado o presidiário que a concedeu; são desavergonhados  os “jornalistas” que o “entrevistaram”;  são desavergonhadas as mídias que publicaram a “entrevista” com destaque, e  são desavergonhados todos aqueles que, pelas redes sociais, reproduziram o amontoado de sandices induzindo  a quem lê  a acreditar que o ladrão é inocente...
Neste país, receber propina da Odebrecht é razão para festejar, jamais para se  matar !

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Flagrante atentado à ordem pública

November 19, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square