© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Quem é contra o povo armado?

June 3, 2019

Dou minha opinião sobre armas, sem ser solicitado.

Mas aviso que fui um ávido atirador - e colecionador. Digo “fui” porque cheguei a uma situação limite, anos atrás. Peguei um câncer e fui avisado que estaria morto, logo. Então tratei de me livrar do arsenal que tinha em casa. Vendi tudo, não queria que minha mulher ficasse com esse mico. Mas não morri, posso assegurar. E fiquei com pena de ter vendido algumas peças, irrecuperáveis. Então, não esperem que eu seja isento de dizer o que penso sobre assunto.

 

Antigamente era fácil, para um cidadão normal, ir ao Gaúcho ou à Mesbla para comprar seu ‘38, um fuzil 44 ou uma espingarda punheteira calibre 12. Munição era livre. Aí veio o PT. E o maldito lula. Daí começaram as proibições, as encrencas burocráticas e restrições não só para manter uma arma em casa, mas principalmente proibir o porte de arma, tornando impossível à uma pessoa exercer seu direito de ser defender. Esse conceito universal da legítima defesa foi esmagado por aquele "honesto" partido. Mas em compensação  o contrabando de armas cresceu exponencialmente.

 

E a perseguição começou, pesadamente. Num certo momento o PT resolveu fazer um plebiscito para checar o que pensava a população sobre o desarmamento. Foi mal para eles. A resposta foi arrasadora;  as pessoas recusaram qualquer proibição ao direito de possuir e/ou portar armas. E o PT, então, o que fez? Ignorou o resultado do plebiscito, rasteiramente. Típico de um partido que promulga a democracia - mas não a professa.

 

Hoje tem uma discussão no senado para tirar o assunto da prateleira.

A pergunta é: por que o PT quer proibir armas, num país de tantos assaltos, crimes de violência, roubos? não é estranho?...

 

Minha hipótese. Acho que o PT e seus cúmplices - se decidissem tentar um golpe de estado - iriam querer o povo sem nenhum poder de reação. Ou seja, desarmado. Logo... Essa estratégia foi aplicada em outros países, que caíram inermes sob o tacão comunista. Aqui, eles tinham seu plano bastardo bem organizado. Mas aconteceu uma reviravolta da opinião pública, que registrou sua ameaça à democracia. E também o PT roubou demais, com o aparelhamento deles alcançando todos os níveis.

O que acabou por levar o partido à bancarrota eleitoral. RIP.

 

Neste exato momento o diabo corre solto no senado. Não se sabe o que vai acontecer. Mas nos sobra, a favor, a posição do Bolsonaro. Se eu fosse senador, não arriscaria meu futuro político afrontando ao mesmo tempo o povo e um governo sob aplausos.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Um táxi chamado Brasil

February 25, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square