© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Ao ataque,Moro!

June 11, 2019

 

Como grande e destemido guerreiro, Sérgio Moro deve saber que a melhor defesa é o ataque...  É provável que eu queira ensinar o padre nosso pro vigário, mas me acho no dever de sugerir a ele, ao Ministério Público e ao novo governo algumas, digamos assim, jogadas de contra-ataque...

Para barrar e silenciar as forças do mal que querem eternizar a corrupção e o crime organizado neste País, minha sugestão é que a resposta seja dada em quatro procedimentos rápidos e fortes:

1)- Apresentação das provas (e elas existem com fartura) do envolvimento da cúpula do PT (Lula, José Dirceu, Gilberto Nascimento e José CarlosBumlai) no assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel, e mais sete pessoas que testemunharam aspectos do crime.

2)- Abertura de Inquérito para apurar o envolvimento do PSOL no atentado a Jair Bolsonaro em Juiz de Fora. Adélio Bispo dos Santos, autor do atentado, foi filiado ao PSOL e até agora não apareceu nenhuma explicação para o desligamento... a mim sempre pareceu que foi preventivo para que não ficasse caracterizado o envolvimento do partido no crime, certamente planejado com grande antecedência.

O PSOL E SOROS
3)- Abertura de um segundo inquérito para apurar as ligações do PSOL com o magnata George Soros, financiador da Open Society Foundations, entidade que liberou uma gorda doação (300 mil reais) a familiares da vereadora assassinada Marielle Franco, que ameaçavam transformar o caso em escândalo... O mesmo inquérito poderia investigar também o possível envolvimento de Soros na operação de compra de 75 mil urnas eletrônicas da Venezuela, uma história que continua envolta em mistério...

4)- Abertura de inquérito para investigar as ligações do site The Intercept com o PSOL... já circula pelas redes sociais que um dos donos do site, o “jornalista” americano Glenn Greenwald é namorado do deputado David Miranda (PSOL-RJ) que assumiu a vaga da Jean Willys na Câmara Federal..

Que não seja por isso, mas Greenwald faz campanha contra o governo Bolsonaro pelas redes sociais... há que investigar também o hackeamento criminoso e a divulgação de fake news, pois já circula pelas redes sociais a comprovação de que grande parte do material não passa de fraude grosseira...

5)- Por último, é preciso acionar o Ministério da Ciência e Tecnologia para implementar com urgência o plano de “upgrade” de segurança da internet brasileira que foi pensado e desenvolvido mas parou por falta de recursos...

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Por que a esquerda prega a diversidade, mas idolatra pessoas brancas e ricas?

February 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square