© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Comemorou foi pouco

July 10, 2019

Dallagnol, em âmbito privado, comemora a proibição da entrevista de um político corrupto condenado e preso, algo que qualquer pessoa em sã consciência faria. 
Quem quer passar a vergonha de ter um bandido desses como candidato à presidência e cheio de palanque em revista?

Comemorou foi pouco.

 

Isso em nada afetou seu trabalho à frente da força-tarefa da Lava Jato e, muito menos, muda a condenação do bandido.

A única coisa que esse folhetim de quinta categoria está conseguindo é deixar cada vez mais claro que a Lava-Jato é o braço da justiça que efetivamente foi pra cima dessa quadrilha chamada PT, depois de anos de descaso.
Querem dar mais palanque ao bandido, mas estão transformando promotores e juízes em heróis nacionais.
Saiu pela culatra.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O bezerro de ouro e a liderança política

November 12, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square