© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Nunca se esqueçam

July 28, 2019

 

Nelma Kodama, doleira presa em 2014 por tentar embarcar em Guarulhos com 200 mil euros escondidos - não me perguntem como - na calcinha, prova para o mundo que uma simples tornozeleira eletrônica e dez anos sem frequentar a pedicure não podem ferir a sua auto-estima.

 

Para casos assim, de extrema atração por holofotes e da mais absoluta falta de vergonha na cara, chego a pensar que a polícia federal deveria disponibilizar uma gargantilha eletrônica, ou até mesmo desenvolver uma melancia eletrônica, com alça de pescoço ajustável.

 

A dona japa cumpre prisão domiciliar desde 2016, após ter feito delação premiada, e o sapato escolhido para a foto é da mesma cor do partido que ela tanto auxiliou.

Não tenho a mínima ideia do preço do calçado, mas uma grande desconfiança de que fomos nós, os trouxas, que pagamos.

Nunca, nunca, nunca se esqueçam.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O homem do controle social

December 7, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square