© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Inimigo tem que ser tratorado

August 7, 2019

Não existe algo como "esquerda democrática". A partir do momento em que você erige a igualdade material como único objetivo político, e admite a ação direta como instrumento para atingir esse objetivo, não existe nem democracia nem respeito à alteridade, na medida em que quem se opõe ao que você qualifica como BEM TOTAL só pode ser a pura expressão da maldade, da perversidade. Uma pessoa que eu considero perversa não pode ser tratada como adversária política, e sim como inimiga, e você não negocia com o inimigo, você o tratora.

 

Você só pode igualar pessoas que são essencialmente diferentes através da centralização política num ente que detenha poder suficiente para a consecução de seus fins, e para tanto este ente precisa ser um partido único operando num estado absoluto (como foram todos os regimes socialistas, sem exceção). Para atingir a igualdade material você pode tanto propor impostos progressivos pela renda e cotas baseadas em critérios sócio econômicos e de raça, como execução sumária e confisco de bens da "elite", mas a diferença entre essas duas proposições não é na essência, e sim no grau.

 

Dito isso, uma das grandes realizações da militância esquerdista foi conseguir atribuir ao inimigo (nós) todos os seus crimes e pecados. Os maiores genocídios politicamente motivados foram cometidos por regimes socialistas, mas "ditadura" é um termo impossível de ser associado à esquerda política, principalmente entre os mais jovens. Ao longo do século XX nada produziu mais fome e carestia que o socialismo, mas é ao capitalismo que se atribui o sofrimento material, onde quer que ele seja visto. Regimes socialistas SEMPRE contam com uma elite dirigente rica e parasita vivendo às custas do empobrecimento do povo, mas são os empreendedores num regime capitalista, os que geram empregos e pagam impostos, os vilanizados como exploradores do proletariado.

 

A segunda grande realização da militância esquerdista é a desinformação sistemática sobre o que é socialismo. Segundo o Gallup, 43% dos norte americanos acham que o socialismo seria bom para os EUA, sendo que, destes, 25% afirmam que socialismo significa justiça social, enquanto que apenas 17% definem socialismo como propriedade estatal dos meios de produção (a definição correta). Ou seja, na cabeça de boa parte da população, numa era em que dados históricos, inclusive na forma de fotografias e vídeos dos horrores do socialismo, estão amplamente disponíveis e acessíveis, socialismo seria algo como o paraíso na Terra, enquanto que o capitalismo é nada menos que o inferno.

 

Todos aqueles que privilegiam a realidade empírica sobre a fabulação (ou seja, o que funciona na prática sobre as ideias brilhantes de intelectuais e "especialistas") têm a obrigação moral de denunciar esse engodo sempre que puderem.

Isso não é uma questão política, é uma questão de sobrevivência.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O homem do controle social

December 7, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square