© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

O STF é uma célula terrorista

August 21, 2019

O Brasil não estava preparado para um presidente honesto. Um presidente que não faz conchavos políticos ignorando a democracia e o povo. Mas os brasileiros estavam. E elegeram esse Presidente.

 

No entanto, depois de eleger o Presidente aprendemos que falta a Revolução pós-eleição. O despreparo dos políticos para o novo Brasil exige mais do que o voto. Exige a intervenção nas casas Congressionais, Câmara e Senado, totalmente dominadas por criminosos que fazem leis em causa própria, pisando na população e destruindo a democracia. Mas o mais emergencial é destituir os terroristas instalados no STF, que, infelizmente, revelou-se uma célula do terror.

 

Órgão que se posiciona como protetor de um terrorista que atenta contra um candidato democrata. Órgão que se posiciona como protetor de um terrorista estrangeiro que atenta contra a Segurança Nacional. Não passa de um órgão terrorista. Como podemos definir esses nomeados que todos sabem quem são, se não como coniventes, associados de terroristas?

 

Em crônica anterior "Sem volta para o inferno", a ponte do futuro foi atravessada e depois queimada. Não haverá volta para o inferno. Mas não haverá futuro se o terrorismo no STF continuar, tem que ser eliminado.

 

A última gota d'água já transbordou todos os limites. Temos que ir para a praça onde está plantado o Supremo Terrorismo Federal. Não para protestar, como vem sendo feito. Temos que cercar o núcleo terrorista e justiçar a célula nuclear dos traidores da pátria que vive dentro desse órgão maldito, traidor da pátria.

 

Falei justiçar, que é o que terroristas merecem. Mas basta tirá-los do conforto do poder ditatorial que implantaram e jogá-los na cadeia. Extirpar o Supremo Terrorismo Federal como se extirpa um berne num cachorro vadio e raivoso.

 

Chegou a hora da verdade, o STF será a nossa Bastilha, mas ao contrário. Pois o STF não é a Bastilha onde estavam os presos políticos do velho regime francês, é onde ficam os que impedem que os políticos sejam presos, para manter uma velha política de corrupção e exploração do povo.

 

Não estou pregando violência, que fique bem claro, estou apenas instando o povo brasileiro a fazer a Justiça que já se tornou Compulsória. Ou seja, obrigatória. E mais do que atrasada.

 

E é a certeza de que as Forças Armadas marcharão ao lado do povo que impõe urgência à intervenção, e torna a revolução popular inadiável.

 

As Forças Armadas estão esperando que o povo inicie a intervenção. Para completá-la. Quanto vale ver todos esses criminosos cassados e presos? Como no anúncio, não tem preço. Por todos os crimes que já cometeram contra a Constituição, por todos os crimes que estão dispostos a cometer. O Artigo 142 exige ação. E a hora chegou. Permitam-me uma repetição: não só pelos crimes que já cometeram, mas por todos os crimes que estão dispostos a cometer.

 

Ilustração de Nancy Carpi

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O poder paralelo

November 16, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square