© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Futuro presidente da Guatemala é impedido de entrar na Venezuela

October 19, 2019

Recentemente, o presidente eleito da Guatemala, Alejandro Giammattei — que assumirá o mandato em janeiro de 2020 — foi impedido de ingressar na Venezuela. Como a maioria dos líderes políticos da região, Giammattei reconhece Juan Guaidó, e não Nicolás Maduro, como o presidente de fato da Venezuela. 

 

Logo após o desembarque, Giammattei e sua comitiva foram forçados e embarcar novamente no avião. O presidente eleito da Guatemala gravou um video — que Juan Guaidó publicou em sua conta no Twitter — onde rapidamente explicou o que aconteceu: "Estimados amigos da Guatemala e da Venezuela, sou Alejandro Giammattei, presidente eleito da Guatemala. Não nos deixaram entrar na Venezuela. Nos escoltaram até a porta, e nos fizeram subir no avião. Temos uma mensagem ao presidente Guaidó: estamos com vocês! Ainda que tenham nos impedido de entrar, faremos nossa voz ser ouvida em todo o continente". 

 

Juan Guaidó já esperava o futuro mandatário guatemalteco para a articular questões políticas que permitiriam aos dois países fortalecerem laços diplomáticos. No entanto, o tirânico e despótico governo bolivariano, evidentemente, tratou de impedir a consolidação da aliança política, que continuará a se materializar, ainda que à distância.  

 

O futuro presidente da Guatemala afirmou que — assim que assumir o mandato — cortará relações com o governo de Nicolás Maduro, a quem caracterizou como usurpador. 

 

Giammattei sem dúvida nenhuma é um vórtice conservador, que vem para somar forças à direita latino-americana. O mandatário guatemalteco é a favor da pena capital — necessária para um país como a Guatemala, que sofre com a brutalidade de inúmeras gangues violentas ligadas ao narcotráfico —, se opõe ao aborto e a união matrimonial entre pessoas do mesmo sexo, e considera necessário o uso das forças armadas para o fortalecimento da segurança da sociedade civil. Também considera insólita e insustentável a situação da Venezuela, e pretende ajudar o país à efetuar um retorno à democracia, o mais rápido possível. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Futurologices

November 14, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square