© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

A Justiça?... Qual?

October 25, 2019

 

 

 

 

 

A internet é uma beleza,não dá mais para esconder nada.Hoje todo 

mundo sabe qual juiz que os presidentes da república escolheram para pertencer ao STF. 

 

 

E como o juiz e o personagem privilegiado tem interesses em comum,- a mão de um lava a mão do outro - reina então na Corte um perfeito casamento de interesses entre os dois.

 

Não parece muito, mas saber quem patrocinou determinada Excelência, guindando-o ao Poder, é  sempre útil: pois então a gente pode odiar em dobro, tanto o fulano de toga escolhido como quem o indicou para "tocar" a justiça no STF. 

 

Muitas vezes pode-se deduzir, pelas sentenças prolatadas,quais são os acordos entre os dois personagens. Outro dia, por exemplo, a Carmem Lucia comunicou que o Aécio e o Renan Calheiros já tinham vencido o prazo de serem julgados em diversos processos. Claro, por falta de tempo para analisar os seus causos, naturalmente.

As instâncias vão aparecendo segundo a "necessidade do cliente",tudo diante de nossos indignados olhos!

Por exemplo, a discussão no STF sobre a prisão em 2ª instância, foi baseada em três ADCs Ações Declaratórias de Contitucionalidades  

apresentadas pelos partidos Patriotas,PCdoB e pela OAB.

Você leu certo OAB,entendeu?

Eu não disse que era uma beleza?

 

O STF tem um excelente serviço de relações públicas. Que funciona ao contrário. Hoje, onde estão os juízes impolutos de reputação 100% ilibada? O STF atual é mais um balcão de business,onde se cruzam todos os interesses. O Gilmar Mendes, só como referência, é amado e respeitado por quem?Se não pra que túnel subterrâneo de saída?

 

Antigamente os juízes da Corte eram reverenciados e sua atuação se dava dentro dosTribunais, num clima de  absoluta discrição e respeito.

E hoje? Há uma quebra de confiança, com a Justiça sob suspeição, onde Suas Excelências disputam com os políticos quem manda mais.

Parece que querem o  fim do sistema jurídico brasileiro. Não precisamos mais de promotores, fóruns, juízes e milhares de servidores, melhor mandar todos os processos direto para os togados e economizar muito dinheiro do contribuinte.

 

Quem manda menos ou nada, já se sabe. Nós o povo, sem dúvida.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Futurologices

November 14, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square