© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

PT — Uma seita satânica a serviço do crime organizado

November 2, 2019

O PT foi a pior coisa que aconteceu para o Brasil. Provavelmente, a grande maioria dos brasileiros concordaria com isso. Como se não bastasse destruir a economia, deixar milhões de brasileiros desempregados, doutrinar hordas de fanáticos para defendê-los, e fazer do estado uma ferramenta a serviço do crime organizado — através do qual praticaram corrupção, peculato, prevaricação, suborno, tráfico de influência, clientelismo, e toda a sorte de depravações bestiais —, eles jamais vão desistir de suas ardilosas e desvairadas pretensões de poder absoluto. São indivíduos sórdidos, malignos, sorrateiros, dissimulados, desesperados pelo poder, em uma ensandecida missão desenvolvida para destruir o país e arrasar, em definitivo, todas e quaisquer possibilidades do cidadão brasileiro ter uma vida satisfatória, digna e decente. Mas eles não são a pior coisa que existe, o único inimigo a ser combatido.

Assim como seus comparsas do PSDB e do MDB, entre outros partidos-satélites, o PT é apenas mais um fantoche da organização criminosa conhecida como Foro de São Paulo — que recentemente se reinventou como o Grupo de Puebla —, e tudo o que fazem tem por objetivo concretizar o despótico projeto de restauração da hegemonia absoluta da esquerda continental, para impor à população um deplorável e iníquo projeto de poder similar ao bolivarianismo venezuelano. Para o setor mais esclarecido da sociedade brasileira, não resta nenhuma dúvida de que essa organização criminosa pretende escravizar a população, das piores e mais nefastas formas possíveis. 

 

Como o "partido" — leia-se organização criminosa — soterrado nos piores escândalos de contravenções e iniquidades da nossa história, chega a ser uma aterradora abominação constatar que o PT ainda não foi extinto, mas continua a usufruir de total autonomia e legitimidade para prosseguir no seu projeto de destruição do país. O Brasil é uma nação de criminosos, por criminosos, para criminosos, e por esse fato, apesar de tão contundente, não deve surpreender ninguém que o PT continue impune, livre para existir e operar. O STF, por ser uma extensão da organização criminosa na burocracia estatal, continuará a representar e defender os interesses de máfias obstinadas como o PT; apesar de mais e mais escândalos emergirem diariamente. Recentemente, Marcos Valério afirmou que as despesas de Lula eram custeadas com "caixa dois e dinheiros paralelos de corrupção, propina e tudo.” E afirmou também que Lula foi o mandante do assassinato de Celso Daniel, prefeito de Santo André, em 2002. 

 

Mas como sempre, o Brasil é quase como se fosse terra de ninguém. As autoridades do país não impõem ordem ou disciplina, mas existem antes para subvertê-la e destruí-la. A Lei existe para beneficiar, quando não recompensar criminosos, não para puni-los. E lembremos que não faltam crimes para se exigir a erradicação do PT, como os milhões de dólares que o ditador da Líbia Muammar al-Gaddafi deu de presente para Lula, para sua campanha presidencial de 2002, o que ficou comprovado pelo depoimento de cúmplices e testemunhas como o pastor Caio Fábio. E é desnecessário dizer que é crime eleitoral aceitar financiamento estrangeiro para campanhas políticas em território nacional. Isso seria mais do que suficiente para se exigir da extinção da legenda. Mas que conveniente, por que será que ninguém nunca lembra disso? 

 

Evidentemente, não podemos esperar jamais algo de bom dessa gente  completamente comprometida com um sórdido e insidioso projeto de poder. Tudo o que interessa a eles é assumir novamente o controle do governo federal. Evidentemente, com objetivos de vingança em mente, contra os articuladores do "golpe" — que só existe na cabeça deles — e principalmente, da República de Curitiba e da Operação Lava Jato, que o STF pretende desmantelar através de perniciosas e nefastas articulações legalistas. 

 

Para atingir os seus objetivos, eles não respeitam nada, nem ninguém. São indivíduos sórdidos, tirânicos e prepotentes, cujo único objetivo é o poder pleno e absoluto. Não existem limites para o nível de depravação e malignidade do qual essa gente é capaz. Para isso, desvirtuaram até mesmo a religião. É bom lembrar que o socialismo totalitário do PT controla grupos eclesiásticos que difundem heresias como a Teologia da Libertação, que pregam — entre outras aberrações — que Lula, e não Jesus Cristo, é o verdadeiro messias. Mas, em decorrência do hábito da seita petista de politizar absolutamente tudo, e não respeitar nem mesmo aquilo que é sagrado, esta pode ser considerada apenas uma das muitas abominações difundidas por essa gente completamente desprovida de escrúpulos, sempre disposta a tudo pelo poder. 

   

O PT, assim como todas as demais seitas socialistas associadas que fingem ser oposição, está por trás de todas as revoltas e turbulências que estão acontecendo em diversos países da América Latina. É o desespero para retornar ao poder. E isso já está acontecendo. O PT neste exato momento está celebrando a vitória de Alberto Ángel Fernández — associado de Cristina Kirchner — para a presidência da Argentina. Pobre de los hermanos, que muito em breve irão se transformar na Venezuela do Sul.

 

As ameaças e imprecações — disseminadas  principalmente através das redes sociais — não param. O Grupo de Puebla, uma espécie de Foro de São Paulo repaginado e recauchutado, nos permite avaliar a insurreição socialista que está em curso, comprovada pelas insurreições no Chile e a vitória de Fernández na Argentina. O desespero pelo poder absoluto move os fanáticos, e eles não descansarão enquanto não estiverem exercendo pleno domínio sobre nós, e impondo sobre toda a sociedade pautas satânicas, como necrofilia, pedofilia, incesto, aborto, proscrição religiosa, censura sistemática das redes sociais, vulnerabilidade e desarmamento, entre outras pautas depravadas, arbitrárias e violentas. Pretendem também continuar com seu projeto de corrupção sistemática, que foi estancado pela Lava Jato, e praticar toda a sorte de crimes usufruindo da mais absoluta e escancarada impunidade. Enfim, são criminosos querendo tomar o governo, e institucionalizar toda a sorte de depravações e contravenções, algo que o STF faz diariamente com impecável maestria, e pretende normalizar.

 

Todas essas organizações criminosos — cujo vórtice é o PT — estão comprometidas com o retrocesso e a estagnação do Brasil. Elas querem e precisam da pobreza porque ela é o grande capital da esquerda. Sem isso, a esquerda não é nada.  Raivosos e ressentidos por terem sido escorraçados por uma população que despertou, a esquerda nacional não para de repetir aquela ladainha hipócrita que todos nós conhecemos, de que Lula é inocente, que todos os problemas do continente se devem ao "neoliberalismo",  que a direita é "fascista"; enfim, tudo o que sabem fazer é repetir platitudes genéricas, ladainhas infantis, a velha cantilena hipócrita de fanáticos que sofreram uma ostensiva e derradeira lavagem cerebral e trabalham como idiotas úteis para o projeto de poder de uma cúpula de bandidos e criminosos profissionais. 

 

Essa gente não quer o desenvolvimento e o progresso para o Brasil. Tudo o que pretendem é retomar o poder, para dar continuidade ao seu insólito projeto político criminoso de despótica soberania total no continente.

Nada de novo debaixo do Sol. A nossa luta continua. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square