© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Não,não é proibido sonhar

November 29, 2019

O eleitor – e apenas ele – pode fazer em 2022 uma grande revolução neste país, começando por eleger um Congresso Nacional muito mais limpo que esse que aí está.

Um Congresso que, em primeiro lugar, não hesite  em aprovar a Operação Lava Toga e tenha coragem de investigar e expurgar todos os magistrados corruptos.

Um Congresso que seja capaz de derrubar a PEC da Muleta para aposentar todos os ministros com mais de 70 anos e isto deve ser feito não por preconceito à idade, mas para promover a renovação necessária da Suprema Corte e o seu nocivo apadrinhamento.

O sonho, que presumo seja de todas as pessoas de bem deste país, é ver juízes da integridade de uma Gabriela Hardt, de um João Pedro Gebran Neto, de um Marcelo Bretas, de um Leandro Paulsen e de um Thompson Flores ocupando as vagas de Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Marco Aurélio de Mello e Dias Tóffoli na Suprema Corte. E isto não é delírio, nem fantasia: poderá ser uma conquista do eleitor em 2022.

Melhor que isso é só termos ainda Deltan Dalagnol na PGR e, antes, a derrubada das urnas eletrônicas.
Com certeza, o povo estará assumindo os destinos de seu país!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O homem do controle social

December 7, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square