© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Haya De la Torre

December 9, 2019

O peruano Víctor Raúl Haya de la Torre foi e continua sendo uma das principais inspirações da esquerda latino-americana. Sua vida e seu legado político continuam a inspirar novas gerações de socialistas, que enxergam com certo romantismo e ousadia a biografia do político peruano. 

Apesar de ter morrido em 1979, a influência nefasta de Haya de la Torre nunca desapareceu, e ele continua sendo um exemplo de liderança para os setores mais intelectuais e orgânicos da esquerda em atividade na América Latina. 

Fundador de um dos mais emblemáticos e consistentes partidos de esquerda do Peru, a Alianza Popular Revolucionaria Americana — mais conhecida como APRA —, cujas propostas políticas ficaram conhecidas como aprismo, Haya de la Torre aparentemente rejeitava tanto o capitalismo americano quanto o comunismo soviético, embora na prática defendesse medidas nacionalistas de caráter ostensivamente socialista, como a propriedade compartilhada dos meios de produção, especialmente na questão agrária, o controle do estado sobre o setor industrial e intervenção estatal radical e contínua na economia. 

Como a maioria dos socialistas, Haya de la Torre começou o seu ativismo político quando era um estudante universitário. Sua ascensão política e eventual notoriedade a nível nacional não demorou a acontecer, e em muito se assemelha a de seus congêneres por toda a América Latina. 

Uma vez imbuído dos ideais e das convicções socialistas, Haya de la Torre tratou de difundir o socialismo no Peru. O governo do presidente Augusto Bernardino Leguía y Salcedo, no entanto — naturalmente hostil ao seu discurso de caráter revolucionário —, tratou de silenciá-lo. Diante de ameaças, Haya de la Torre fugiu do seu país, e se refugiou no México. Foi lá onde ele originalmente fundou a APRA, em 1924. 

Quando regressou ao Peru, em 1930 ou 1931, Haya de la Torre inaugurou uma subsidiária da APRA em seu país, e candidatou-se à presidência da república. Naquela época, no entanto, o socialismo encontrava vigorosa resistência por parte do establishment. Haya de la Torre foi preso, e seu partido foi proscrito. Dali em diante, seu partido ficaria em atividade tanto na legalidade quanto na clandestinidade, conforme a APRA era legalizada e depois proscrita em sucessivas ocasiões, variando de acordo com as incessantes turbulências e instabilidades políticas pelas quais o Peru passaria.  

Quando o militar Manuel Arturo Odría Amoretti tomou o poder, Haya de la Torre exilou-se na embaixada colombiana, onde permaneceu por cinco anos, até o fim do governo da junta militar. Posteriormente — no princípio da década de 1960 —, Haya de la Torre novamente disputaria as eleições presidenciais, e desta vez venceria, mas não tomaria posse, por ter ganhado a disputa por uma margem irrisória. 

Novamente uma junta militar tomou o poder, governando até as novas eleições que foram marcadas para o ano seguinte, 1963. Haya de la Torre novamente se candidatou, mas perdeu.

Dali em diante, em virtude do fato de estar com uma certa idade — quase setenta anos —, Haya de la Torre manteve uma presença mais discreta no cenário político do Peru, permanecendo como uma figura de distinção da APRA. Em 1979, a frente de uma Assembleia Constituinte, ele ajudou na elaboração de uma nova constituição. Ele morreu em Lima, capital do Peru, em 2 de agosto de 1979, aos 84 anos. 

Infelizmente, Haya de la Torre — bem como seus princípios, postulados e legado político —, permanecem sendo uma fonte de inspiração para a esquerda latino-americana, muito mais do que Karl Marx ou Vladimir Lênin. Ele é considerado uma relevante figura política, que serve de motivação para uma esquerda mais preparada, organizada e inteligente, que jamais desistirá das suas ambições de poder total e absoluto.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

A Pandemia Covid-19 e a Nova Ordem Mundial

March 24, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square