© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

A República dos Criminosos

December 12, 2019

Recentemente, o PT realizou um congresso, para discutir estratégias para assumir novamente o controle do governo federal e voltar com tudo ao poder. O 7º congresso da organização criminosa contou, evidentemente, com a participação do chefe supremo da máfia, Lula, que se uniu com os demais membros da organização satânica, para traçar um plano político que os leve novamente ao poder. 

 

Agora, podendo esgotar todos os recursos judiciais em liberdade, o chefe da máfia criminosa não vai perder tempo. Provavelmente, irá agender comícios até no inferno, onde ele tem lugar cativo, além de se sentir em casa. Populista como é, sabemos que Lula é um verdadeiro mestre do palanque; quando está no palco, com o microfone na mão, ele se sente o rei do gado. Demasiadamente frívolo e ardiloso, Lula sabe como manipular as massas de adoradores idólatras que ele tem como bem entende, e mente tão bem — com tanta astúcia e mordacidade —, que até mesmo ele acredita nas baboseiras surreais que inventa.

 

Evidentemente, nos comícios que está fazendo, Lula segue a mesma cartilha de sempre. A ladainha não muda. Lula ataca Bolsonaro, culpa Sérgio Moro por tudo, e tenta passar uma imagem de herói, um "pobre coitadinho" que está sendo vítima de lacaios imperialistas, porque ele "governou para os pobres". Evidentemente, ninguém acredita na verborragia enfadonha e no solilóquio oportunista do líder máximo da ORCRIM, com exceção dos idólatras que o veneram com fanatismo irracional, e que ele manipula com aviltante facilidade, e — justamente por serem completamente destituídos de inteligência e capacidade de raciocínio — são altamente suscetíveis ao festival de baboseiras, falácias e mentiras que Lula regurgita com a convicção de um psicopata desesperado pelo poder. 

 

A direita deve responder ao festival de mentiras proferidas por Lula e difundidas pelo PT com a mesma mordacidade de guerreiros em combate aberto, dispostos a dar a vida pela pátria que amam. Devemos expor sem dó nem piedade toda a desgraça que Lula fez e ainda faz ao país. Um psicopata irrecuperável, este criminoso milionário — que governou para enriquecer a si próprio, a cúpula do partido e corporativistas bilionários — que a massa de trouxas pensa que é um "homem do povo", continua comprometido com o seu insólito e funesto projeto totalitário de poder, e não desistirá dele por nada, a não ser quando morrer.

 

Totalitário como é, o PT já mostrou que não quer nenhum diálogo com o povo brasileiro; o que importa mesmo é tentar manter o seu curral eleitoral — sobretudo no nordeste, onde os governadores de quatro estados são petistas — e buscar o poder absoluto a qualquer preço. Lula rejeitou também a possibilidade de uma autocrítica. O importante é continuar pensando que o PT é uma organização "pura" e "sacrossanta", e que errados são os outros. É o velho "nós contra eles", a mesma lengalenga populista de sempre, que os otários tanto gostam. A verdade é que a busca cega pelo poder continua. Nosso papel, no entanto, não muda, e nem mudará. Nós devemos continuar sendo o obstáculo que separa essa gente do poder absoluto; devemos impedir o Brasil de descarrilhar para um governo totalitário de extrema-esquerda e virar uma versão continental da Venezuela, não importa o esforço. Devemos ser uma oposição mordaz, contínua, irreversível, inflexível, intransigente, feroz, custe o que custar. Se os vermelhos querem destruir e dominar, cabe a nós proteger e salvaguardar. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Socialismo é estadolatria

January 23, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square